sexta-feira, 26 de maio de 2017

pós-graduação em Psicologia Clínica com Ênfase nas Perspectivas Breves

A Faculdade Arthur Sá Earp Neto (FMP/Fase) está com inscrições abertas para a quarta turma do curso de pós-graduação com Especialização em Psicologia Clínica com Ênfase nas Perspectivas Breves, em Petrópolis (RJ)

Segundo a coordenadora do curso, a psicanalista Virgínia Ferreira, o objetivo é mostrar a importância e a abrangência da psicoterapia breve para a restituição da saúde psíquica e capacitar os profissionais da área de saúde mental, psicólogos ou psiquiatras para o exercício de atendimentos breves na clínica psicoterápica. 

A Psicoterapia Breve é caracterizada dessa forma em relação às demais modalidades de atendimento que são realizadas porque, geralmente, são necessários apenas quatro meses para o tratamento completo. Ao iniciar os atendimentos, o terapeuta determina, junto com o paciente, o tempo que o tratamento levará. Por ter um período estabelecido, o paciente tende a colaborar mais e consegue resultados em menos tempo.

“As pessoas geralmente têm muitos compromissos e a falta de tempo para arcar com tantas responsabilidades é um problema. Por isso, muitos preferem essa modalidade de atendimento, pois sabem quando o tratamento terá início e término. Geralmente, o quadro clínico envolve fobia, pânico, uso abusivo de drogas ilícitas e de álcool, depressão, dentre outros fatores”, explica Virgínia Ferreira, mestre em Psicologia Social

Um diferencial da especialização é oferecer atendimento psicoterápico breve às populações carentes, através da Clínica Social do curso, no Ambulatório Escola, no Hospital de Ensino Alcides Carneiro, em Petrópolis,e em instituições públicas conveniadas. A carga horária do curso é de 425 horas. 


A próxima turma terá início em setembro. A faculdade fica na Av. Barão do Rio Branco, 1003, no Centro de Petrópolis. Outras informações e as inscrições estão disponíveis no site www.fmpfase.edu.br.
Leia Mais ►

quinta-feira, 25 de maio de 2017

A Psicopedagogia na Educação Infantil

A Psicopedagogia tem como missão, amenizar ou mesmo sanar os problemas de aprendizagem, os quais tanto afligem milhares de alunos em todo o Brasil.
A Psicopedagogia na Educação Infantil

Pensar em psicopedagogia é antes de tudo, pensar na prevenção e não tão somente quando começam os principais problemas de aprendizagem, como por exemplo, os de cunho psicológico, fonoaudiológico, familiar ou ocupacional.


Por isso, é de fundamental  a importância saber identificar de modo preventivo esses problemas ainda na educação infantil,  pois dessa forma conseguiremos não só antecipar a esses problemas mas saná-los da melhor maneira possível, encaminhando os alunos que estejam passando por alguma situação de dificuldade de aprendizagem antes que este, arraste tal problema até a chegada ao ensino fundamental.

O olhar do professor em sala de aula e o olhar do orientador educacional é de suma importância no enfrentamento desses problemas.

Ao professor da educação Infantil:
1º- Deve-se observar o modo o qual os alunos falam, ( se trocam constantemente algumas letras ao pronunciar ou mesmo escrever algumas palavras ou frases);


2º- Observar se um aluno que frequenta a primeira ou segunda fase ainda não consegue fazer as letras do alfabeto, pronunciá-las, assim também com os números;


3º- Observar se o aluno isola-se dos demais coleguinhas, se chora constantemente ou se demonstra constantemente retração.


4º- Ao notar algum dos problemas anteriores, deve-se avisar imediatamente ao orientador
educacional da escola, pois é ele o profissional capacitado e especializado para estes fins, pois o mesmo realizará diversos testes e só então, chegando a uma conclusão que de fato este aluno será encaminhado a especialistas, tais como psicólogos, fonoaudiólogos e terapeutas ocupacionais.


Para encaminhar um aluno,é necessária a autorização dos pais e responsáveis pelo aluno o qual será encaminhado.Talvez esteja aí um dos maores tabus e empecilhos quando om assunto é prevenção de dificuldades de aprendizagem de uma criança, pois infelizmente é comum vermos no dia a dia, pais e mães descompromissados com a aprendizagem de seus filhos, por alegarem estar trabalhando e que por isso, não tem tempo para levá-los às avaliações psicopedagógicas ou mesmo nos atendimentos, quando estes são agendados pelos especialistas.


É preciso que esses pais ou responsáveis entendam que, tanto a escola por meio do orientador educacional, quanto pelos professores de seus filhos,estão tentando evitar um problema mais grave num futuro próximo ou seja, se esta criança chegar ao ensino fundamental sem os devidos atendimentos psicopedagógicos,certamente poderá ser muito tarde e problemas como troca de letras, autismos,dislexias, discalculias, hiperativos, poderão durar pela vida inteira!

O importante é a conscientização desses pais no sentido de que, quando matricula-se um filho na escola, está assumindo-se um compromisso não só de levá-lo na escola e deixá-lo lá, como se fosse creche, mas sim de arcar com suas responsabilidades, como por exemplo zelar pelas lições de casa junto a criança, a sua educação e principalmente pelo seu desenvolvimento através da participação na vida escolar deste filho.

Não aceitar a ajuda oferecida pela escola, no sentido de encaminhar seu filho a especialistas que irão ajudá-lo a superar tais dificuldades na fala, no emocional ou mesmo ocupacional, é negligenciar e punir o aluno, o que é de fato algo injusto a aquele que possui um problema de aprendizagem e que poderá virar alvo de bullyng no futuro por sua forma de falar, de comunicar-se ou de isolar-se em sala de aula!

Já ao professor, vale lembrar também que,encaminhar um aluno requer vários aspectos a serem observados, para que a escola não se torne  “uma fábrica de laudos” ou seja, o aluno hoje está triste, encaminha, o aluno falou a palavra “craro” em vez de claro, mas conseguiu falar clube, clima, Clotilde, pode significar não um problema de encaminhamento para fonoaudiólogo e sim, apenas imaturidade ao pronunciar esta ou aquela palavra.


Um encaminhamento deve ocorrer quando em geral,um aluno persiste durante semanas os mesmos comportamentos,tanto na fala e na escrita, quanto nos comportamentos. Lembrando que, na parte emocional e comportamental, a observação deve ser seguida da seguinte maneira:


-Durante a entrada;
-Durante as atividades propostas;
-Durante a realização de brincadeiras individuais ou com os colegas;
-Durante o recreio
-Durante a saída

Devemos tomar muito cuidado pois é comum um aluno não querer fazer a lição, ficar
quetinho, isolado e o professor ficar com dó e deixá-lo assim,pensando que, este aluno deve apresentar uma dificuldade psicológica,porém,basta dar o sinal do recreio que este logo sai correndo,brinca esse diverte,ou seja,neste caso pode ser qualquer coisa,criança mimada, que sente saudade dos pais,que não quis acordar cedo, mas não um caso de um aluno com problemas de ordem psicológica.
*Alexandre Soares

* Mestre em Ciências da Educação pelo Instituto Erasmo de Rotterdan-Lisboa-Portugal;
Especialista em Educação Empreendedora pela Universidade Federal de São João Del Rey-UFSJ;
Especialista em Psicopedagogia Clínica e Institucional pela UNIESP;
Graduado em Letras Português e Inglês pela UNIESP.
Pofessor Titular do Curso de Direito da Faculdade UNIESP de São Roque-SP;
Orientador Educacional-Prefeitura Municipal de Mairinque
Autor de 29 livros-Editora Clube de Autores
​Colunista do Jornal da Economia
Leia Mais ►

quarta-feira, 12 de abril de 2017

Corpo, gênero e sexualidade: um olhar multidisciplinar

Muito tem se falado a respeito de gênero e sexualidade. Questões relacionadas ao transgênero ganharam ampla visibilidade no campo das ciências humanas e na sociedade como um todo. Os papéis tradicionais de gênero, a divisão binária entre os sexos, as práticas sexuais consideradas socialmente legítimas, as formas de reprodução humana e as configurações familiares vêm sofrendo transformações profundas nos tempos recentes e serão abordados em curso na Sociedade Brasileira de Psicanálise do Rio de Janeiro (SBPRJ). 
  
Serão cinco aulas ministradas pela antropóloga Sílvia Naidin, entre 26 de abril e 28 de junho, nas segundas e quartas quartas-feiras do período, das 20h30 às 22h. O objetivo é apresentar algumas contribuições que as Ciências Sociais vêm trazendo sobre esses temas fazendo dialogar conhecimentos de outras áreas das ciências humanas – Antropologia, Sociologia, Filosofia - complementares à Psicanálise.  
  
No dia 26, haverá apresentação do curso e detalhamento da bibliografia. Na segunda aula (10/05), o tema será A sexualidade como construção social.  Na terceira (24/05), Corpos “ambíguos”: um olhar sobre o universo trans. Na quarta aula (14/06), Homossexualidade(s) em questão. E na quinta e última (28/06), Novas tecnologias reprodutivas e novos arranjos familiares. 
  
Como bibliografia indicativa básica: FOUCAULT, Michel. História da Sexualidade I: a vontade de saber. Rio de Janeiro: Graal, 1977. BUTLER. Judith. Problemas de gênero: feminismo e subversão da identidade. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2003.   
   
O curso é aberto e voltado, principalmente, a profissionais e estudantes das áreas de Saúde e Humanas. As aulas serão na sede SBPRJ (Davi Campista 80, Humaitá), com custo de  R$ 50,00 por aula. As inscrições devem ser feitas pelo e-mail: tesourariasbprj@sbprj.org.br  Informações no site (www.sbprj.org.br) ou pelos tels.: 2537-1333  e  2537-1115. 
Leia Mais ►

domingo, 9 de abril de 2017

Dieta do Peixe Perca até 10kg Rápido

Dieta do Peixe Perca até 10kg Rápido

Especialistas não descartam dieta dos peixes, como uma das melhores maneiras de perder peso.

Os benefícios de frutos do mar e peixes, você pode ter muito a dizer.
Estes produtos são valiosas fontes de proteína, que são facilmente absorvidos pelo organismo.

Eles contêm uma quantidade de gordura que é inferior ao de produtos de carne.

Nós apresentamos estes ácidos gorduras benéficas (ácidos graxos) ômega-3.

Além da dieta de peixe não só promover a perda de peso, mas, ao mesmo tempo traz efeitos benéficos sobre o corpo.

O peixe é rico em uma variedade de elementos vestigiais essenciais que são necessários para o corpo.

O zinco, flúor, iodo, vitamina A, D, E, e outros.

 A riqueza desses produtos tem um efeito positivo na redução do colesterol para a função cerebral, etc. Os ácidos graxos de imunidade em peixes gordos.

Estes incluem salmão, cavala, truta, arenque, atum, salmão, linguado, etc.

Produtos da pesca baixos em calorias, graças a isso eles usados com sucesso para perda de peso.

Antes de iniciar esta dieta para perda de peso, é necessário ter em conta as características individuais do organismo.

É necessário considerar se há alguma contraindicação para o uso de produtos de peixe, a possibilidade de reações alérgicas e outros.

Portanto, antes de começar uma dieta é melhor consultar um médico.

Na parte da manhã, recomenda-se comer um ovo (cozido), um copo de iogurte, comer baixo teor de gordura, pode ser substituído com iogurte de baixa caloria.

Após 30 minutos, comer uma laranja ou romã ou kiwi.

Algum tempo depois, beber um copo grande de chá verde sem açúcar.


Segunda refeição.

Primeiro você deve comer 50 gramas de peixe e beber um copo de água, 20 minutos depois comer 200 gramas de peixe da mesma espécie, com um pouco legumes.

200 gramas de frutos do mar antes do almoço e 1,5 copos de água para beber em 15 minutos.

Para tomar junto com a salada e o peixe, com um pouco de suco de limão.

16 de abril é domingo de Pascoa, uma data muito especial que lembra a
Ressureição de Cristo ela é um dia de festa comemorada com chocolate e peixe.

Nesta data, para celebrar a pascoa, recomenda-se comer só peixe evitando outras carnes.

Porque se come peixe na Pascoa? Veja tudo nesse video:

Preparamos para você a dieta do peixe você pode emagrecer ou apenas controlar seu peso.

Isso depende do quanto você quer se dedicar.

Essa dieta não é difícil de fazer o uso de peixe é à base diária.

Veja no vídeo como é fazer a Dieta do Peixe:

Além disso, com os benefícios do peixe a utilização da dieta é uma excelente prevenção do corpo contra muitas doenças.

Por exemplo, a aterosclerose de diferentes tipos de depressão e distúrbios.

Com o sistema cardiovascular, portanto, peixe e marisco em muitos países é uma parte integrante da dieta.

As pessoas querem muito aprender como emagrecer 10 kg em 10 dias fazer uma dieta proteina controlada na qualidade e quantidade vai fazer esse sonho virar realidade para muitas pessoas.

O peixe é bom para perda de peso?

Os vegetais devem ser: beterraba, repolho, feijão verde, pimentas, ervas. Não ter nada para beber por algumas horas.

Duas horas depois do almoço, você pode comer um pouco de iogurte ou queijo cottage de baixo teor de gordura.

Antes do jantar um copo de água, em seguida, frutos do mar ou peixe com legumes (200 gramas de peixe). Salada precisa ter iogurte desnatado ou limão.
Pouco antes de dormir é bom beber chá.

Recomendações na dieta de peixes

Os peixes devem ser escolhidos com a dieta de baixa caloria para perda de peso. Pescada, badejo, bacalhau, linguado, mas na dieta em pequenas quantidades pode adicionar truta, cavala, salmão, etc. peixe mais oleosos.

Não use berinjela, tomate, batata, rabanete para a preparação do peixe, com o cozimento. Durante o cozimento, adicionar um pouco de tempero e suco de limão. 
Leia Mais ►

sexta-feira, 17 de março de 2017

Formação Psicanalítica no Rio de Janeiro

Formação Psicanalítica no Rio de Janeiro
A Sociedade Brasileira de Psicanálise do Rio de Janeiro (SBPRJ) está com inscrições abertas para o processo de seleção para o Curso de Formação Psicanalítica, que terá início em agosto de 2017. Os interessados devem ter graduação em medicina ou psicologia.  As inscrições se encerram  em 15 de maio. 
  
O curso tem duração mínima de cinco anos e inclui cursos introdutórios, cursos teóricos de diferentes escolas psicanalíticas  e experiência clínica supervisionada por membro da SBPRJ

 (2 casos) , além da análise pessoal, considerada básica para o desenvolvimento de todo o processo. 
  
A SBPRJ é filiada à IPA (International Psychoanalytical Association

Comporta uma visão teórica pluralista, o que se expressa no amplo leque de aportes que é oferecido ao aluno. Tendo Freud como eixo originário ao longo de todo o curso, também compõem o currículo outros autores, como os pioneiros Melanie Klein,  WinnicottBion e Kohut; Ferenczi, discípulo e colaborador de Freud;  e diferentes pensadores atuais da escola francesa e anglo-saxônica. Como áreas de interesse e pesquisa, estão contemplados os estudos sobre psicoses, psicossomática, envelhecimento, cultura, família e casal. 
  
Informações e inscrições:
  
21-2537-1333, com Daniel, secretário administrativo do Instituto de Formação Psicanalítica da SBPRJ.  
SBPRJ – Rua David Campista 80 - Humaitá  

Leia Mais ►