quinta-feira, 27 de janeiro de 2011

O QUE É? ESTRUTURALISMO

Wilhem Maximilian Wundt
ESTRUTURALISMO
Corrente de pensamento abrangente, as teorias e metodologias estruturalistas foram muito difundidas por acadêmicos das áreas de ciências humanas e sociais durante a segunda metade do século 20.

O estruturalismo provém de duas "fontes primárias"; na Psicologia, com conceito de "estrutura da mente "proposto pelo médico, psicólogo e filósofo alemão Wilhelm Maximilian Wundt (1832-1920),  um dos fundadores da psicologia experimental; e na Lingüística, por meio de trabalho do filósofo e estudioso da linguagem suíço Ferdinand de Saussure (1857-1913), autor do "Curso de Linguística Geral" (1916).

Na balança de importância, sabe-se que Saussure foi mais decisivo para  a verdadeira "febre estruturalista" nos anos 1950 e 1960.
Grosso modo, os estruturalistas acreditam que é mais importante analisar as estruturas (modo de funcionamento, regras, códigos, regularidades) do que  interpretar fenômenos em si. Não foram só psicólogos e linguistas que utilizaram o estruturalismo em seus livros e pesquisas.
Filósofos, historiadores, sociólogos e antropólogos passaram a analisar seus objetos de estudo a partir da perspetiva estruturalista.
Para citar um exemplo famoso, temos o caso do antropólogo franco-belga Clude Lévi-Strauss ( 1908-2009), cuja biblio grafia inclui os clássicos "Antropo logia Estrutural I e II". Nas décadas seguintes ao boom estruturalista, surgiram outras tendências, como pós-estruturalistas.

2 comentários:

  1. O conteúdo é muito informativo gostei bastante, espero que continuem assim ou melhorem ainda mais, porque mudança nunca é demais

    ResponderExcluir
  2. ....o basico conteudo...nos fornece a informação básica.....é boa...mas pq não aprofundá-la?....seria interessante!

    ResponderExcluir

Seu comentário é importante para nós!

Obrigado pela visita...