domingo, 5 de dezembro de 2010

Psicologia Jurídica e suas atribuições

Psicologia Jurídica e suas atribuições

O especialista em Psicologia Jurídica pode atuar no âmbito da Justiça, nas instituições governamentais e não-governamentais, colaborando no planejamento e execução de políticas de cidadania, direitos humanos e prevenção da violência. Para tanto, sua atuação é centrada na orientação do dado psicológico repassado não só para os juristas como também aos sujeitos que carecem de tal intervenção. Contribui para a formulação, revisões e interpretação das leis.

Veja o detalhamento das atribuições de um especialista em Psicologia Jurídica, segundo a Classificação Brasileira de Ocupações.
 
Continuar lendo, segue o link:[Pesquisas Acadêmicas]

psicologiacademica.blogspot.com/2010/12/entendendo-um-pouco-sobre-psicologia.html
Cadastre seu E-mail receba nossas atualizações. [Clique aqui]



Nenhum comentário :

Postar um comentário

E você, o que achou dessa postagem?

Seu comentário é sempre bem vindo!

Comente, opine deixe sua opinião.

UM ENCONTRO COM LACAN

▲ Topo